Espaço, com capacidade para até seis pessoas, foi inaugurado nesta quarta, e terá triagem realizada por psicóloga. Perg é o segundo presídio gaúcho a contar com local para o público, seguido pela Cadeia Pública de Porto Alegre.

Espaço na Penitenciária de Rio Grande pode abrigar até seis pessoas LGBTI — Foto: Divulgação/Susepe
Espaço na Penitenciária de Rio Grande pode abrigar até seis pessoas LGBTI — Foto: Divulgação/Susepe

A Penitenciária Estadual de Rio Grande (Perg), no município do Sul do Rio Grande do Sul, é a segunda penitenciária gaúcha a contar com uma cela exclusiva para apenados LGBTI. O espaço, com capacidade para até seis pessoas, foi inaugurado nesta quarta-feira (26), segundo informou a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe).

A medida foi viabilizada por uma parceria entre a administração da Perg e a Comissão Especial da Diversidade Sexual e Gênero da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A cela atende a uma resolução da ordem, que dispõe sobre a instalação de um espaço para o público LGBTI.

“A triagem para entrada neste espaço será feita por psicóloga da Perg”, afirma o administrador da penitenciária, Leandro Brinkerhoff Suanes.

Em março 2012, a Cadeia Pública de Porto Alegre, à época ainda chamada de Presídio Central, recebeu a primeira ala dedicada ao público LGBTI no estado. O espaço tem capacidade para abrigar 44 pessoas, e a medida integrava a Política de Atenção à Diversidade Sexual da Susepe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui