Tiros foram ouvidos pelo delegado Leonel Baldasso. Vítima estava acompanhada de um adolescente que ficou ferido. Os dois estavam em uma praça, em frente ao Posto de Saúde do município.

Tiroteio aconteceu em frente ao Posto de Saúde e a 200 metros da Delegacia de Polícia de Cachoeirinha. — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Tiroteio aconteceu em frente ao Posto de Saúde e a 200 metros da Delegacia de Polícia de Cachoeirinha. — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um homem foi morto e um adolescente, de 17 anos, ficou ferido na tarde de terça-feira (2) durante tiroteio na Travessa São Jorge, na Vila da Paz, em Cachoeirinha, Região Metropolitana de Porto Alegre. Os tiros foram ouvidos da 1º Delegacia de Polícia Civil, a 200 metros do local do crime, onde estava o delegado Leonel Baldasso.

“Isso nunca tinha acontecido. Acredito que eles planejaram muito bem. Fizeram uma boa verificação, esperam um momento sem policiais por perto ou chegada de viatura, porque ali na delegacia sempre tem muito movimento. De qualquer maneira, é uma ousadia.”

De acordo com o delegado, os homens chegaram num Punto Vermelho e surpreenderam Bruno Oliveira Pereira, de 23 anos, e o adolescente, que estavam em uma praça, em frente ao Posto de Saúde do município.

“Não se sabe ainda quantos eles eram. Foram vários disparos. Fizeram uma tocaia para as vítimas. O que morreu chegou a correr, mas não resistiu”, acrescenta o delegado.

O adolescente foi encaminhado em estado grave para o Hospital Padre Jeremias, em Cachoeirinha.

O veículo usado pelos criminosos tinha placas clonadas e havia sido roubado em Porto Alegre, em abril. O carro foi abandonado a cerca de 500 metros do local do crime. A polícia procura agora por imagens de câmeras de segurança que possam ter registrado a ação.

O delegado informou que o adolescente que ficou ferido não tem antecedentes criminais. O homem que foi morto tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas, roubos e porte ilegal de armas.

A polícia investiga a motivação do crime. “Provavelmente tenha sido desentendimento pelo tráfico de drogas”, indica o delegado.

Carro usado pelos bandidos foi abandonado a 500 metros do local do crime. — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Carro usado pelos bandidos foi abandonado a 500 metros do local do crime. — Foto: Polícia Civil/Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui