Vítima tem 20 anos e está internada em estado grave. Segundo a polícia, somente na última semana, ela registrou três ocorrências contra o homem, que fugiu após o crime.

Mulher foi baleada na loja em que trabalha em São Leopoldo — Foto: Arquivo Pessoal
Mulher foi baleada na loja em que trabalha em São Leopoldo — Foto: Arquivo Pessoal

Uma mulher de 20 anos foi baleada dentro da loja em que ela trabalha, no Centro de São Leopoldo, no Vale do Sinos, no início da tarde desta quarta-feira (7). Conforme a Polícia Civil, o suspeito do crime é o ex-companheiro da vítima, que tem 40 anos, e ainda não foi encontrado.

O tiro atingiu o rosto da mulher. Ela foi encaminhada para o Hospital Centenário, onde passou por cirurgia. Conforme a instituição, o estado de saúde é grave.

O delegado Rodrigo Zucco relatou que a mulher e o suspeito tiveram um relacionamento de dois anos e estavam separados há cerca de três semanas.

“Eles são moradores de Novo Hamburgo, mas ela trabalha em São Leopoldo. Ela já vinha relatando casos de agressão para a polícia”, afirma o delegado.

Conforme Zucco, na última semana, a mulher havia registrado três ocorrências contra o ex, nos dias 2, 3 e 5 de agosto. Ela relatava que estava recebendo ameaças.

Nesta quarta, ainda de acordo com o delegado, o suspeito chamou um carro por aplicativo e pediu para ir até a loja onde a ex-companheira trabalha.

“No caminho, ele já comentou com o motorista que estava armado. Disse que não ia fazer nada com ele, mas que iria matar a ex-mulher”, conta.

Após o crime, o homem chamou outro aplicativo, ameaçou o motorista e fugiu para o bairro Santos Dumont. A Brigada Militar faz buscas para encontrá-lo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui