Segundo a pasta, foram gastos R$ 2.953.326,32 para abertura de leitos para tratamento de pacientes com o novo coronavírus. Câmara de Divinópolis
Câmara de Divinópolis/Divulgação
A Secretaria Municipal de Saúde em Divinópolis apresentou, nesta terça-feira (9), dados sobre os gastos com a saúde durante a pandemia da Covid-19. Outros assuntos sobre valores também foram abordados durante a reunião.
A prestação de contas do 1º quadrimestre de 2020 estava marcada para o dia 20 de maio, mas foi adiada. Na época, a Prefeitura justificou o adiamento pela necessidade de atualização e fechamento dos números e dados dos recursos recebidos, especialmente, os referentes às ações de combate ao novo coronavírus.
Os dados foram apresentados pelo secretário de Saúde Amarildo Sousa. Segundo ele, foram gastos R$ 2.953.326,32 para abertura de leitos para tratamento de pacientes com o novo coronavírus. Veja mais detalhes abaixo.
Gastos durante a pandemia da Covid-19
Durante a apresentação, foi registrada uma confusão na Câmara. Inicialmente foi informado que a prestação de contas seria referente aos gastos com a saúde em 2019. Contudo, segundo a assessoria da Casa, a informação foi corrigida e repassada aos parlamentares.
O secretário da Semusa, Amarildo Sousa, apresentou então que mais de R$ 203 milhões foram investidos na saúde em Divinópolis em 2019.
A assessoria da Câmara explicou que a prestação de contas apresentada nesta terça atende a uma legislação aprovada na Casa que pede que todos os secretários prestem contas anualmente, artigo 70 da Lei Orgânica Municipal. Já sobre a prestação sobre o 1º quadrimestre do ano segue um quesito de Lei Federal, a Lei Complementar nº 141 de 13 de janeiro de 2012.
Confusão é registrada na Câmara de Divinópolis durante prestação de contas da Semusa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui