Imagens do calçadão da 13 de Maio chamam a atenção devido ao risco de exposição das pessoas ao novo coronavírus. Comércios iniciaram funcionamento com horário reduzido na segunda (8). Veja imagens ao vivo da Rua Treze de Maio em Campinas desta quinta-feira
A imagem de pessoas aglomeradas no calçadão da 13 de Maio, no Centro de Campinas (SP), segue chamando a atenção nesta quinta-feira (11), o quarto dia de reabertura gradual do comércio na cidade. Mesmo com a maioria do pedestres usando máscaras, o risco do contágio pela Covid-19 é alto em locais com grande concentração de pessoas.
A Secretaria de Saúde divulgou na manhã desta quinta mais dez mortes provocadas pelo novo coronavírus, foi o maior número de óbitos registrados em um único dia na cidade. São, ao todo, 130 mortes e o número de moradores infectados subiu para 3.337.
A prefeitura já havia pedido maior conscientização das pessoas ao saírem nas ruas durante a flexibilização da quarentena – que foi estendida até 28 de junho. No entanto, não foi isso que foi percebido logo após a abertura das lojas nesta quinta.
O comércio de rua pode funcionar das 12h às 16h. Já os shoppings, das 16h às 20h.
A capacidade dos estabelecimentos é de 20% de lotação.
É obrigatório o uso de máscaras pela população e também pelos lojistas.
Todos devem manter a higienização frequente das mãos com álcool gel ou água e sabão.
Campinas tem multidão concentrada no Centro no quarto dia de reabertura gradual do comércio durante a quarentena.
Jefferson Barbosa/EPTV
Nesta quarta (10), o governo do estado colocou a região de Campinas em alerta e ressaltou que pode sofrer uma regressão às medidas de restrição adotadas nos meses anteriores devido ao alto número de casos, internações e mortes.
Das cinco fases do Plano São Paulo, a região está na 2 – Laranja, e pode voltar para a 1 – Vermelha.
Plano do governo de São Paulo para flexibilização da quarentena no estado
Governo de SP/Divulgação
Formas erradas e corretas de usar máscara de proteção contra o coronavírus
Arte/G1
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui