Soldado Daniel Campos Menezes chegava em casa no Bairro José Walter, no dia 12 de junho, quando percebeu a ação dos assaltantes e foi baleado ao reagir. PM foi morto a tiros na rua de casa no José Walter
Brenda Albuquerque/SVM
O segundo suspeito de participar do latrocínio do policial militar Daniel Campos Menezes, de 35 anos, foi preso nesta terça-feira (16), em Fortaleza.
O crime ocorreu na sexta-feira (12), no Bairro Conjunto José Walter. Daniel foi morto a tiros ao chegar em casa e ver ladrões levando eletrônicos da residência dele na Rua 45. Ele reagiu e levou tiros, morrendo no local.
Segundo a Secretaria da Segurança Pública, Maycon de Araújo Matos, de 26 anos, com antecedentes criminais por receptação e roubo, foi localizado após buscas ininterruptas realizadas pela 11ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ele foi autuado pelo crime de latrocínio e está à disposição da Justiça
No sábado (13), outro homem suspeito de cometer o crime contra o agente de segurança foi capturado em posse de um veículo que teria sido usada na ação criminosa. Ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e associação criminosa.
A vítima era investigada por participação na chacina da Messejana, ocorrida na madrugada de 12 de novembro de 2015.
A Polícia Militar do Ceará (PMCE) informou que ele estava afastado do serviço para tratar de um problema de saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui