Programa de compra de títulos terá 100 bilhões de libras extras em mais um esforço para ajudar a economia a se recuperar das perdas provocadas pelos impactos do coronavírus. O banco central britânico aumentou seu programa de compra de títulos em 100 bilhões de libras (125 bilhões de dólares) nesta quinta-feira (18), conforme busca ajudar a economia a se recuperar das perdas em março e abril provocadas pelas medidas contra o coronavírus.
O Banco da Inglaterra manteve sua taxa referencial de juros em 0,1%.
Oito membros do Comitê de Política Monetária votaram por aumentar o programa de compra de títulos, enquanto o economista-chefe do banco central, Andy Haldane, votou contra.
Todos os nove membros votaram pela manutenção dos juros.
O banco central disse que vai gastar todos os 100 bilhões extras em títulos do governo, mas que vai desacelerar o ritmo de suas compras, afirmando esperar que a nova meta total de 745 bilhões de libras seja atingida até o fim do ano.
Pesquisa da Reuters com economistas indicava aumento de 100 bilhões de libras no programa de compra de ativos e manutenção dos juros em 0,1%.
Reino Unido muda de posição no combate à Covid-19 e app deixa de ser prioridade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui