Unidade foi fechada na segunda-feira depois que dois funcionários foram diagnosticados com o novo coronavírus. Fentect cobra testes para todos os trabalhadores. Correios em Ribeirão Preto (SP)
Reprodução/EPTV/Arquivo
O centro de distribuição dos Correios na zona norte de Ribeirão Preto (SP), que foi fechado para desinfecção na segunda-feira (15) após dois funcionários testarem positivo para a Covid-19, reabriu nesta quinta-feira (18).
A unidade, que fica no bairro Antônio Marincek, funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábado em esquema de plantão, das 8h às 12h.
Ao G1, os Correios disseram que acompanham o estado de saúde dos trabalhadores com o novo coronavírus. Um está internado e o outro cumpre isolamento em casa.
A estatal garantiu que nenhuma entrega foi prejudicada por conta do fechamento, já que as correspondências foram divididas em outros centros da cidade.
O secretário da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) de Ribeirão Preto, Rogério Ubine, afirma que foi solicitado aos Correios a testagem para os outros 28 funcionários do centro logo após o fechamento da unidade em Ribeirão Preto, mas todos voltaram ao trabalho sem a realização dos exames.
“Todos foram afastados, mas não foram testados. Esse é o problema que estamos brigando. O correto é testar todo mundo. Você não vai saber quem vai ter, quem não vai ter, se está assintomático. Eles voltaram a trabalhar, só que sem fazer exame. Eles vão continuar nas ruas, indo para casa deles sem saber se tem ou não o vírus”, diz.
Em nota, a empresa disse que a partir da próxima semana todos os funcionários do centro de distribuição vão fazer os exames para o novo coronavírus.
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Initial plugin text

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui