Jovem de 22 anos foi capturada em Maracanaú, durante cumprimento de um mandado de prisão preventiva. Polícia Civil prende mulher apontada como chefe de organização criminosa em Icapuí, no Ceará.
Polícia Civil/ Divulgação
Uma mulher de 22 anos foi presa suspeita de chefiar uma organização criminosa em Icapuí, litoral do Ceará, desde que o ex-companheiro dela morreu. A ação, que contou com equipes da Delegacia Municipal de Icapuí e da Delegacia Regional de Aracati, foi divulgada nesta quinta-feira (18) pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
Conforme a SSPDS, Evilane Otaviano da Silva, com antecedentes criminais por tráfico de drogas e associação para o tráfico, foi capturada em Maracanaú, na última quarta-feira (17), em virtude de um mandado de prisão preventiva pelo crime de organização criminosa. Um aparelho celular que estava com a jovem foi apreendido e será enviado para a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).
De acordo com o delegado titular da Municipal de Icapuí, Ricardo Botelho, Evilane assumiu o comércio de drogas na região após a morte do ex-companheiro e desempenhava papel de destaque dentro da organização. “A suspeita era responsável por aceitar novos integrantes para o grupo criminoso e organizava a ‘caixinha’ para arrecadar dinheiro para o crime”, afirmou o delegado.
A jovem, que está à disposição da Justiça, já havia sido presa anteriormente em posse de pedras de crack na localidade da Praia de Redonda, em Icapuí e continuará sendo investigada por participação em outras atividades criminosas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui