Conhecido como Joca, jornalista estava internado há uma semana no Hospital da Bahia. Ele morreu após falência múltipla de órgãos. Jornalista João Carlos Teixeira Gomes morreu em hospital de Salvador
Divulgação/Governo da Bahia
Morreu no fim da noite de quinta-feira (18), no Hospital da Bahia, em Salvador, o jornalista e escritor João Carlos Teixeira Gomes. Conhecido como Joca, e apelidado de “Pena de Aço”, o jornalista tinha 84 anos e estava internado há uma semana na unidade de saúde. Ele morreu após falência múltipla de órgãos.
Joca foi um dos fundadores do antigo Jornal da Bahia, era membro da Academia Baiana de Letras, onde ocupava a cadeira de número 15, e fez parte do grupo conhecido como Geração Mapa, ao lado do cineasta Glauber Rocha, do pintor Calasans Neto e do também professor e jornalista Florisvaldo Matos.
Filho do primeiro goleiro da história do Esporte Clube Bahia, Teixeira Gomes, do time de 1931, Joca era torcedor do tricolor baiano e havia pedido para ser enterrado com uma bandeira azul, vermelha e branca. O sepultamento acontecerá no final da manhã desta sexta (19) no Cemitério Bosque da Paz.
Em nota, o clube manifestou solidariedade aos familiares e amigos de Joca, e informou que já providenciou a homenagem.
Confira mais notícias do estado no G1 Bahia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui