No mês, chegou a 19 milhões o número de pessoas afastadas do trabalho. Nordeste e Norte foram as regiões que registraram os maiores percentuais de trabalhadores sem remuneração por causa da pandemia. Dados divulgados nesta quarta-feira (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que, em maio, 19 milhões de trabalhadores estavam afastados do trabalho e, entre estes, 9,7 milhões ficaram sem sua remuneração, o que equivale a 11,5% da população ocupada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui