Com o reajuste, o preço médio da gasolina nas refinarias da Petrobras alcançou o maior valor desde 29 de fevereiro. Refinaria da Petrobras em Paulínia (SP)
Paulo Whitaker/Reuters
A Petrobras anunciou reajuste médio de 5% para a gasolina vendida em suas refinarias a partir de quarta-feira (8), enquanto manteve a cotação do diesel, informou a companhia nesta terça-feira (7), por meio da assessoria de imprensa.
O movimento é o oitavo aumento seguido para a gasolina, em tendência vista desde o início de maio.
Com o reajuste, o preço médio da gasolina nas refinarias da Petrobras está em R$ 1,6577 por litro, maior valor desde 29 de fevereiro, conforme acompanhamento feito pela Reuters.
A empresa havia elevado a gasolina em 3% na última quinta-feira, quanto também aumentou o diesel em 6%.
Preços nos postos
Na semana passada, os preços dos combustíveis nos postos voltaram subir, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
O valor médio do litro da gasolina ao consumidor subiu 1,04%, a R$ 4,064. O preço do litro do diesel avançou 2,27%, para R$ 3,147.
Já o litro do etanol teve alta de 1,03%, para R$ 2,737.