A cidade tinha registrado até segunda-feira (7), quando levantamento foi realizado, 123 mortes pela Covid-19. Suzano registrava 123 casos confirmados da Covid-19 até a segunda-feira (7).
Reprodução/TV Diário
Considerando a quantidade de diagnósticos, o Centro e as vilas Amorim, Figueira e Urupês, em Suzano, concentram a maior parte dos casos confirmados e mortes pela Covid-19.
Segundo levantamento divulgado nesta terça-feira (7) pela Prefeitura, os quatro bairros somam, juntos, 453 moradores que testaram positivo para o novo coronavírus, dos quais 26 morreram.
Em seguida vem a região formada pelos bairros Cidade Miguel Badra Alto e Baixo e Boa Vista, onde foram registrados 227 casos confirmados e 20 mortes.
Destaques do G1: Alto Tietê registra mais 11 mortes pela Covid-19
Considerando a quantidade de diagnósticos da Covid-19, em terceiro lugar aparece o aglomerado dos jardins Imperador, Monte Cristo e Suzanópolis, com 167 registros da doença, dos quais cinco moradores morreram.
A região formada pelos bairros Cidade Edson, Parque Santa Rosa e Jardins Altos de Suzano registram 153 casos confirmados e seis mortes. Com isso, figura em quarto lugar.
Em quinto, segundo o levantamento, vem os jardins Colorado, Maitê, Natal e a Vila Monte Sion, com 135 casos confirmados da doença, sendo que 15 morreram pela Covid-19. Veja o restante do mapeamento abaixo:
Casos confirmados da Covid-19 por região em Suzano
Até esta segunda-feira (7), o balanço de Suzano registrava 3.036 notificações do novo coronavírus, das quais 551 foram descartadas, 1.858 casos confirmados, 175 esperam por resultado de exames, e 452 não foram testados porque tinham apenas sintomas leves da doença.
Além disso, 123 moradores morreram pela doença e 1.118 venceram a Covid-19. Também na segunda-feira, o Alto Tietê ultrapassou a marca de 700 mortes pela Covid-19.
Destaques do G1: Alto Tietê ultrapassa 700 mortes pela Covid-19
Cada um dos dez municípios que integram a região tem, ao menos, seis mortes de moradores pela doença.
Initial plugin text