De acordo com a Polícia Civil em Praia Grande, no litoral paulista, criança não corre risco de morte. Caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher de Praia Grande, SP
Divulgação/Governo de SP
Uma criança de sete anos sobreviveu após cair do 4º andar de um edifício residencial em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Segundo informações confirmadas pela Polícia Civil nesta quarta-feira (8), o menino foi deixado sozinho por cerca de 15 minutos e, quando o pai voltou, soube o que havia ocorrido. De acordo com a polícia, ele não corre risco de morte.
O caso ocorreu no bairro Vila Sônia. Conforme relatado pela delegada Lyvia Bonella, titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade, o pai havia saído para acompanhar a mãe até um ponto de ônibus. Segundo informado pelo homem às autoridades, a esposa estava sendo perseguida há alguns dias e, por isso, ele foi acompanhá-la, deixando o menino sozinho.
”Quando ele voltou para o apartamento, encontrou a vizinha, que havia chamado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência [Samu], informando que o menino tinha caído da janela”, explica a delegada. Após ser resgatada, a vítima foi levada para o Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande, onde foi atendida. De acordo com Lyvia, a criança não corre risco de morte.
O caso foi registrado como abandono de incapaz na DDM, no entanto, ninguém foi preso, pois não ficou comprovada a intenção do pai de abandonar o menino. O caso será investigado pela Polícia Civil.