Eles contam que além das erosões, foi identificado que água começou a brotar de buracos recentemente. Rua no Imbuí, em Salvador, está cheia de buracos.
Reprodução / TV Bahia
Moradores do Imbuí, bairro de Salvador, reclamam da grande quantidade de buracos na Rua dos Colibris. Além disso, eles contam que, recentemente, foi identificado que começou a brotar água das erosões. Para a comunidade, a situação é preocupante e perigosa.
De acordo com eles, o problema começou há mais de dois meses. Há muitos buracos de diversos tamanhos no local. Eles tomam toda a via. Alguns são grandes e dificultam a passagem de veículos.
De acordo com Roberto Gusmão, um dos moradores, primeiro eram apenas os buracos, mas, com o passar do tempo, foram aparecendo as poças. A população buscou ajuda dos órgãos públicos, e equipes da Embasa e da prefeitura tiveram no local, há cerca de três semanas. Mesmo assim, o problema persiste.
“Foi verificado pelo técnico [da Embasa[, que são mineradores. Isso era um brejo, área alagada. Fez-se as construções, e a natureza começou a procurar meio para dar vasão. Eu comentei com o próprio técnico, na época, que poderia sugerir para prefeitura, sendo que não era problema da Embasa, que fizessem boeiros na área. Se observar, não existe nenhum boeiro. Não tem nada de boeiro”, revelou.
Ele comenta que a situação é perigosa, já que é necessários reduzir a velocidade dos veículos ao passar de carro pelo local. Eles temem assaltos, por exemplo.
“Isso está perigoso. Nós passamos aqui de manhã, pela tarde e a noite e temos que reduzir. Tem que procurar um menor buraco para passar por cima”, contou.
Conforme a Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman), técnicos fizeram duas intervenções recentes no local, , com a operação tapa buracos, quando foi identificado que brotava um minerador natural de uma das residências do local, o que provoca a degradação do pavimento. O órgão afirmou que a situação “foge ao escopo de mantenimento da Seman”.
Confira mais informações do estado no G1 Bahia.
Rua no Imbuí, em Salvador, está cheia de buracos.
Reprodução / TV Bahia