Todo material apreendido será periciado, pesado, porém, visualmente já se percebe que são centenas de cápsulas recheadas com entorpecentes. Droga estava escondida em medicamentos contra Covid-19
Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria
Uma grande quantidade de drogas que entraria na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, disfarçada como medicamento para tratamento e prevenção de Covid-19, foi apreendida no final da tarde de terça-feira (7.), em uma ação integrada da Polícia Civil e Polícia Penal.
As investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), com apoio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), iniciaram após denúncias de que uma organização criminosa aproveitaria o momento de pandemia do coronavírus para entrar com entorpecentes na PCE.
Segundo as informações, familiares de detentos da unidade prisional receberam instruções da facção criminosa para comprar medicamentos destinados à prevenção e tratamento da doença.
Em alguns casos, foram utilizadas receitas médicas falsas e nos frascos de polivitamínicos com cápsulas maiores substituir o medicamentos por substâncias entorpecentes como maconha e cocaína.
De acordo com o delegado da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, os supostos medicamentos chegaram a ser recebidos na PCE e seriam distribuídos na unidade prisional na quarta-feira (08) no raio cinco, onde estão os presos considerados de maior periculosidade do estado.
Todo material apreendido será periciado, pesado, porém, visualmente já se percebe que são centenas de cápsulas recheadas com entorpecentes.