Ato ocorre no pátio da clínica, desde as 7h10. Não há previsão para termino. Grupo já havia feito protesto em maio, pelo mesmo motivo. Profissionais de unidade de tratamento psiquiátrico em Salvador fazem protesto nesta quarta.
Arquivo Pessoal
Vários profissionais que atuam em uma unidade de saúde especializada em transtornos mentais e dependência química, localizada no bairro de Santa Mônica, em Salvador, realizam protesto na manhã desta quarta-feira (8). Os manifestantes reivindicam o pagamento de salário.
A manifestação ocorre no pátio da unidade médica. A medida em que os profissionais chegam, eles mão entram para trabalhar, ficam do lado de fora do hospital e se juntam ao protesto. Participam funcionários de vários setores, como técnicos e auxiliares de enfermagem, servidor geral, funcionários da recepção, portaria, farmácias, copeiros e alguns enfermeiros.
Segundo os participantes, eles estão sem receber salários há quase três meses. Eles afirmam que entraram em contato com a direção da unidade, mas que ainda não foram pagos. O ato desta quarta ocorre dois meses após uma outra manifestação, pelo mesmo motivo.
Por causa da pandemia, os profissionais usam máscaras, medida para evitar a contaminação pela Covid-19. Não há previsão para que a manifestação seja finalizada.
Confira mais informações do estado no G1 Bahia.