A média móvel de mortes dos últimos sete dias, segundo os números apurados pelo consórcio de veículos de imprensa, está em 965, queda de 5% em relação à média de mortes de 14 dias atrás. O total de mortes no Brasil passa de 107 mil.
Média móvel de mortes por Covid no Brasil fica abaixo de mil pelo 4º dia seguido
Os mortos pela pandemia do coronavírus no Brasil passam de 107 mil, segundo números apurados pelo consórcio de veículos de imprensa sobre a pandemia.
Segundo o levantamento atualizado às 20h deste sábado (15), a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, a média móvel de mortes no Brasil está em 965, uma queda de 5% em relação à média de mortes de 14 dias atrás. É o quarto dia seguido em que a média móvel de mortes no país fica abaixo de mil, e essa é a menor média desde o dia 13 de junho.
Já a média móvel de casos dos últimos sete dias ficou em 43.495 novos casos por dia. Esse número representa queda de 3% em relação à média de 14 dias atrás. A média móvel é um indicador mais preciso de como a pandemia se comporta no país.
Cinco estados registraram alta no número de mortes, um a mais do que na sexta-feira (14). O Paraná, que estava no grupo de estabilidade, voltou para o grupo de estados com alta de mortes. Além dele, registram alta na média móvel Santa Catarina, Minas Gerais, Amazonas e Tocantins.
Nove estados e o Distrito Federal estão em estabilidade, ou seja, a média diária de mortes variou até 15%, para mais ou para menos: Espírito Santo, São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Bahia, Paraíba e Piauí.
Na sexta, o Espírito Santo estava em queda na média móvel de mortes e neste sábado apresenta estabilidade.
Doze estados estão com redução na média diária de mortes: Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Acre, Amapá, Roraima, Alagoas, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe.
Rio Grande do Sul, Sergipe e Amapá apareciam no grupo de estabilidade e agora estão em queda.
Você encontra o mapa detalhado do seu estado no g1.com.br/coronavírus.