Crime aconteceu em Paraíso do Tocantins e suspeito deu entrada no hospital para passar por cirurgia. Comerciante disse que foi ameaçada de morte enquanto era agredida. Câmera de segurança flagrou momento em que assaltante é esfaqueado
Um homem de 22 anos foi esfaqueado enquanto cometia um assalto em um supermercado de Paraíso do Tocantins, na região central do estado. De acordo com dona do comércio, esta é a 24º vez que o estabelecimento foi alvo de criminosos. Um vídeo mostra o momento em que o ladrão chega no local, agride as vítimas, mas é golpeado com uma faca que um cliente pegou no açougue. (Assista acima)
O crime foi na noite deste sábado (15) e a Polícia Militar (PM) foi chamada ao local por volta das 19h. Uma mulher de 40 anos, que aparece nas imagens sendo agredida, disse aos militares que estava trabalhando em seu estabelecimento quando um jovem armado chegou e anunciou o assalto. Ela observou que do lado de fora havia um comparsa dando apoio à ação.
O ladrão começou a espancar a dona do comércio e várias vezes apontou uma pistola para ela. Um cliente de 66 anos tentou defendê-la, mas recebeu uma coronhada na cabeça. Rapidamente o idoso agredido pegou uma faca do açougue e atingiu o criminoso na barriga. O homem fugiu levando R$200.
Depois de alguns minutos os policiais foram informados que um homem tinha dado entrada no Hospital Regional de Paraíso com ferimentos causados por faca. Os militares foram à unidade e constataram que se tratava do autor do roubo. Ele estava no centro cirúrgico e foi autuado em flagrante. Depois de receber alta ele deve ser levado ao presídio da cidade. A arma usada no crime não foi localizada.
Assalto foi filmado pelas câmeras de segurança do local
Reprodução
O 24º roubo
Neste domingo (16), um dia após o crime, o estabelecimento alvo de 24 furtos e roubos já estava funcionando e a dona do comércio voltou a trabalhar. Sem se identificar, ela disse ao G1 que todos os crimes aconteceram em 18 anos.
Ela, que aparece sendo agredida durante toda a ação, disse que desta vez foi ameaçada de morte e ficou com muito medo. “Agora no momento estou melhor, mas na hora parecia que não ia acabar”. Ela contou que começou a ser espancada após chamar a atenção do criminoso e tentar conversar com ele ao vê-lo se aproximando da filha, que estava no caixa do estabelecimento.
“O bandido era muito violento. Eu só queria que ele fosse embora, pedi para ele parar de covardia. Ele foi pegar dinheiro de um idoso e também estava perto da minha filha”, disse.
A comerciante disse que durante o crime foi empurrada e ficou com um ferimento na cabeça causado por uma pancada. “Ele disse que ia me matar no açougue”, lembra assustada a mulher que vê o local ser assaltado mesmo após investimentos em equipamentos de segurança, como câmeras de monitoramento.
As vítimas do assalto foram levadas à delegacia e o caso deve ser investigado pela Polícia Civil.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.