Leal presidiu o órgão entre 2006 e 2008 e o TRE-RS entre 2002 e 2003. Ele estava internado há mais de uma semana com câncer. Velório será às 14h deste domingo. Marco Antônio Barbosa Leal morreu aos 72 anos em Porto Alegre
TRE-RS/Divulgação
O ex-presidente do Tribunal de Justiça do estado (TJ-RS), Marco Antônio Barbosa Leal, morreu na madrugada deste domingo (13), em Porto Alegre, aos 72 anos. De acordo com o filho Rafael, ele estava internado desde o dia 5, no hospital Moinhos de Vento, devido a um câncer no pulmão e faleceu por falência dos órgãos.
O velório será no térreo do Palácio da Justiça, na Praça da Matriz, das 14h às 16h. O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Voltaire de Lima Moraes, manifestou pesar.
“O desembargador Marcão, como era conhecido por todos, era uma pessoa extremamente leal e determinada em defesa do Poder Judiciário e da valorização da magistratura. Deixará um legado em função de sua exitosa trajetória no judiciário gaúcho”, disse.
Leal se formou pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) em 1971 e ingressou na magistratura em 1973. Foi presidente da Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris) no biênio 1992-1993.
No Tribunal Regional Eleitoral, foi presidente entre junho de 2002 e maio de 2003. Em 2006, tomou posse como presidente do TJ-RS, onde permaneceu até 2008.