Vítima estava com marcas de agressão física. Bilhete foi deixado ao lado do corpo com frase “estuprador não tem vez”. Corpo foi encontrado na manhã desta segunda-feira (14).
Eliana Nascimento/G1 AM
O corpo de um homem, ainda não identificado, foi encontrado na manhã desta segunda-feira (14), no KM 26 da AM-010 (Manaus – Itacoatiara). Segundo a Polícia Civil, um bilhete foi deixado ao lado do corpo da vítima com a frase: “estuprador não tem vez”.
Por volta das 6h30, policiais da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados por meio do Centro Integrado de Operações e Segurança (Ciops). O cadáver foi encontrado por moradores do Ramal Bons Amigos.
O corpo da vítima estava enrolado em uma lona e um lençol, amarrado com fios elétricos. A perícia encontrou um bilhete junto ao cadáver. A frase deixada no papel, segundo a polícia, foi: “estuprador não tem vez”.
Além disso, no bilhete também havia duas fotos de câmeras de segurança, possivelmente do crime. A polícia não deu mais detalhes sobre as imagens.
Bilhete foi deixado ao lado de cadáver.
Eliana Nascimento/G1 AM
A perícia identificou que no corpo do homem havia sinais de espancamento e tortura. Depois de morto, a vítima chegou a ser atropelada no ramal. Conforme a polícia, o homem foi assassinado em outro local e teve o cadáver abandonado.
Ao G1, um morador que preferiu não se identificar informou que não reconhece a vítima. Ele também denunciou os assaltos constantes na região. As investigações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) devem apontar a motivação do crime e identificar a autoria do caso.