Vítimas tinham 20 e 31 anos e, segundo Polícia Civil, faleceram no local. Parque ainda não tem autorização do governo para reabrir. Responsável disse que somente restaurante funciona. Caso ocorreu na saída de um parque aquático no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife
Reprodução/Google Street View
Uma mulher de 20 anos e um homem de 31 anos foram mortos a tiros na noite do domingo (13), ao saírem de um parque aquático no bairro de Pirapama, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, de acordo com a Polícia Civil. As duas vítimas não resistiram aos disparos e faleceram no local.
Veja a média móvel da pandemia em Pernambuco
Saiba o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus
Mapa do Coronavírus: veja dados do Cabo de Santo Agostinho
Ainda segundo a polícia, um homem que estava no estacionamento do parque esperou as vítimas saírem do local para atirar neles. Até o momento, ninguém foi preso. Um inquérito foi aberto e o caso está sendo investigado pela 14ª Delegacia de Polícia de Homicídios.
De acordo com o Plano de Convivência com a Covid-19, estabelecimentos como parques aquáticos e parques de diversões não estão autorizados a abrir. A reabertura desses locais está prevista na etapa 10. Nesta segunda (14), cidades do Grande Recife estão na etapa 8 do protocolo.
Procurado pelo G1, o responsável pelo Cida Park, identificado como William, informou por telefone que apenas o restaurante do estabelecimento estava funcionando no domingo (14).
O G1 entrou em contato com a Secretaria de Defesa Social e com a Polícia Militar sobre a fiscalização do cumprimento do Plano de Convivência, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.
Violência
Homem é assassinado na Rua das Fronteiras, na Boa Vista
Um homem foi morto a tiros na manhã desta segunda-feira (14), na Rua das Fronteiras, na Boa Vista, no Centro do Recife. A vítima era ambulante e vendia caldo de cana e coco verde, segundo testemunhas que estiveram no local (veja vídeo acima).
De acordo com a Polícia Civil, dois homens em um carro teriam estacionado em frente ao Hospital Memorial São José e um deles teria atirado.
Os dados mais recentes da Secretaria de Defesa Social (SDS) apontaram para um crescimento no total de assassinatos até julho. Ao todo foram 2.284 homicídios no estado nos primeiros sete meses de 2020, de acordo com o governo estadual, o que representa um aumento de 14% em relação ao último ano.
VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias