A queda nas CNH cassadas é ainda maior, de 73%. Detran afirma que diminuição aconteceu por causa da pandemia e da suspensão dos prazos de recurso. Queda de carteiras de habilitação suspensas e cassadas no Paraná
O número de carteiras de habilitação (CNH) suspensas por infrações de trânsito caiu 36% de janeiro a agosto de 2020 no Paraná, segundo o Departamento de Trânsito (Detran).
Foram 47 mil suspensões em todo o estado nos oito primeiros meses do ano no estado. Em 2019, no mesmo período, foram 74 mil suspensões.
A queda no número de CNH cassadas foi ainda maior. No mesmo período, a redução foi de 73%.
No total, de janeiro a agosto de 2019, foram 4.051 carteiras de habilitação cassadas. Em 2020, foram 1.071.
De acordo com o Detran, a queda está relacionada à diminuição no trânsito nos primeiros meses da pandemia do novo coronavírus e à suspensão dos prazos de recurso das infrações.
Em março, por causa da interrupção dos atendimentos presenciais no Detran, os prazos para defesa, indicação de condutor e recurso de multa, suspensão e cassação de CNH foram interrompidos.
“Com a suspensão dos prazos, muitas cassações e suspensões estão represadas. Estas infrações aconteceram, mas como o prazo está suspenso, o processo está parado”, afirmou o chefe da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Londrina, José Luiz Gil.
Prazos de recurso no Detran estão interrompidos
Divulgação
Veja mais notícias no G1 Paraná.