A polícia acredita que o número de roubos seja superior a oito e que, com as prisões, mais pessoas possam relatar outros fatos.

A Polícia Civil divulgou nesta terça-feira (15) a prisão de dois homens e a apreensão de um adolescente investigados por pelo menos oito roubos a residências em Canoas e na Zona Norte de Porto Alegre. A apuração começou em julho, após o primeiro ataque registrado pelas vítimas, inclusive, gravado por câmeras de segurança.

A polícia diz que as prisões e a apreensão ocorreram durante as investigações e só foram divulgadas agora porque a polícia estava tentando prender mais dois suspeitos de integrar o grupo, mas que não foram localizados. A quadrilha agia sempre armada e com violência mediante ameaças, além dos assaltantes terem os rostos cobertos.

Além do roubo à residência, o grupo também rouba os veículos que estão nas propriedades das pessoas assaltadas. Em alguns casos, ocorre o roubo do carro em via pública e, depois, ainda vão até as casas das vítimas para dar continuidade ao crime.

A polícia acredita que o número de roubos seja superior a oito e que, com as prisões, mais pessoas possam relatar outros fatos. Os nomes dos dois presos não foram divulgados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui